Guia de Exames do Tiezzi

Ácido delta amino levulínico - NR7
Código do Exame:
nal
SUS:
0202070018
CBHPM:
4.03.13.01-8
Sinônimos:
ALA-U

Produção do Exame

Tipo do Material:
urinas manuais
Volume:
5,0 mL
Temperatura:
Refrigerado
Prazo do Resultado:
3 dias
Método:
Espectrofotometria UV-VIS

* Para exames com prazo informado em dias, este será considerado em dias úteis. Considerar o prazo a partir do recebimento da amostra no Núcleo Técnico Operacional (NTO). Amostras recebidas após as 17 horas terão os prazos iniciados no dia útil posterior

Instruções

Informações de preparo e coleta:
Coletar a amostra e enviar em tubo de transporte.

Interpretação

Interpretação do exame:
É o precursor das porfirinas. Substâncias como etanol, chumbo e outros metais pesados aumentam os níveis do ácido deltaaminolevulínico por inbição da porfobilinogênio sintetase. Outras condições que fazem elevar esse ácido são a porfiria intermitente, coproporfiria hereditária, porfiria variegata e alguma doenças malignas. Indicação: diagnóstico de porfirias; diagnóstico de intoxicação por chumbo ou mercúrio; auxilio no diagnóstico de alterações hepáticas. Interpretação clínica: Valores aumentados (acima do Índice Biológico Máximo Permitido (IBMP): intoxicação por chumbo ou mercúrio, porfiria aguda (aguda intermitente, hereditária, variegata), porfiria cutânea tardia, câncer hepático, hepatite. Interferentes: aumentando - barbituratos, griseofulvina, vitamina E Sugestão de leitura complementar: Araujo UC, Pivetta FR, Moreira J C.. Avaliação da exposição ocupacional ao chumbo: Proposta de uma estratégia de monitoramento para a prevenção de efeitos clínicos e sub-clínicos. Cadernos de Saúde Pública 1999; 15:123-32. Cristiane, Costa MRCO, Armando M, Costa MJ. Limites de aplicabilidade da determinação do ácido delta-aminolevulínico urinário como teste screening na avaliação da intoxicação profissional pelo chumbo. Cad Saúde Pública 2000; 16( 1 ): 225-30.

Guia de Exames do Tiezzi

Ácido delta amino levulínico - NR7
Código do Exame:
nal
SUS:
0202070018
CBHPM:
4.03.13.01-8
Sinônimos:
ALA-U

Produção do Exame

Tipo do Material:
urinas manuais
Volume:
5,0 mL
Temperatura:
Refrigerado
Prazo do Resultado:
3 dias
Método:
Espectrofotometria UV-VIS

* Para exames com prazo informado em dias, este será considerado em dias úteis. Considerar o prazo a partir do recebimento da amostra no Núcleo Técnico Operacional (NTO). Amostras recebidas após as 17 horas terão os prazos iniciados no dia útil posterior

Instruções

Informações de preparo e coleta:
Coletar a amostra e enviar em tubo de transporte.

Interpretação

Interpretação do exame:
É o precursor das porfirinas. Substâncias como etanol, chumbo e outros metais pesados aumentam os níveis do ácido deltaaminolevulínico por inbição da porfobilinogênio sintetase. Outras condições que fazem elevar esse ácido são a porfiria intermitente, coproporfiria hereditária, porfiria variegata e alguma doenças malignas. Indicação: diagnóstico de porfirias; diagnóstico de intoxicação por chumbo ou mercúrio; auxilio no diagnóstico de alterações hepáticas. Interpretação clínica: Valores aumentados (acima do Índice Biológico Máximo Permitido (IBMP): intoxicação por chumbo ou mercúrio, porfiria aguda (aguda intermitente, hereditária, variegata), porfiria cutânea tardia, câncer hepático, hepatite. Interferentes: aumentando - barbituratos, griseofulvina, vitamina E Sugestão de leitura complementar: Araujo UC, Pivetta FR, Moreira J C.. Avaliação da exposição ocupacional ao chumbo: Proposta de uma estratégia de monitoramento para a prevenção de efeitos clínicos e sub-clínicos. Cadernos de Saúde Pública 1999; 15:123-32. Cristiane, Costa MRCO, Armando M, Costa MJ. Limites de aplicabilidade da determinação do ácido delta-aminolevulínico urinário como teste screening na avaliação da intoxicação profissional pelo chumbo. Cad Saúde Pública 2000; 16( 1 ): 225-30.

Guia de Exames do Tiezzi