Guia de Exames do Tiezzi

Ácido Fenilglioxilico - NR7
Código do Exame:
naf
CBHPM:
4.03.13.03-4
Sinônimos:
Ácido Fenilglioxilico Exame

Produção do Exame

Tipo do Material:
urinas hplc pós jornada
Volume:
5,0 mL
Temperatura:
Refrigerado
Prazo do Resultado:
3 dias
Método:
Cromatografia Líquida de Alto Desempenho (HPLC)

* Para exames com prazo informado em dias, este será considerado em dias úteis. Considerar o prazo a partir do recebimento da amostra no Núcleo Técnico Operacional (NTO). Amostras recebidas após as 17 horas terão os prazos iniciados no dia útil posterior

Instruções

Informações de preparo e coleta:
coletar a amostra em coletor de urina limpo e sem aditivo, aliquotar e enviar em tubo de transporte. Manter a amostra refrigerada para o envio ao laboratório. Amostras mantidas a temperatura ambiente são estáveis por até uma semana. Amostras refrigeradas entre 2-5°C são estáveis por até quinze dias. Amostras congeladas são estáveis por até 2 meses. Evitar ciclos de congelamento e descongelamento. Critérios de rejeição: -Amostra sem identificação; -Material inadequado; -Volume insuficiente; -Tubo aberto; -Tubo de coleta danificado.

Interpretação

Interpretação do exame:
É usado como indicador biológico da exposição ocupacional ao estireno, utilizado em indústrias que utilizem polímeros, especialmente indústrias de produção de plásticos, resinas e embalagens. É um solvente que pode ser absorvido por via pulmonar e cutânea, e é biotransformado no fígado. Do estireno absorvido, 85% são excretados como ácido mandélico e 10% como ácido fenilglioxílico, seus principais metabólitos. A sua correlação com os níveis do solvente no ar é menor que a do ácido mandélico. Indicação: indicador biológico de exposição ao estireno. Interpretação clínica: Níveis acima do Índice Biológico Máximo permitido (IBMP) indicam toxicidade Sugestão de leitura complementar: Antunes MV, Patuzzi ALMarques, Linden R. Determinação simultânea de creatinina e indicadores biológicos de exposição ao tolueno, estireno e xilenos em urina por cromatografia líquida de alta eficiência. Química Nova 2008; 31(7), 1865-8. Pereira AD. Tratado de Segurança e Saúde Ocupacional Aspectos Técnicos e Jurídicos NR-7 a NR-1, LTR: São Paulo, vol II, 2005.

Guia de Exames do Tiezzi

Ácido Fenilglioxilico - NR7
Código do Exame:
naf
CBHPM:
4.03.13.03-4
Sinônimos:
Ácido Fenilglioxilico Exame

Produção do Exame

Tipo do Material:
urinas hplc pós jornada
Volume:
5,0 mL
Temperatura:
Refrigerado
Prazo do Resultado:
3 dias
Método:
Cromatografia Líquida de Alto Desempenho (HPLC)

* Para exames com prazo informado em dias, este será considerado em dias úteis. Considerar o prazo a partir do recebimento da amostra no Núcleo Técnico Operacional (NTO). Amostras recebidas após as 17 horas terão os prazos iniciados no dia útil posterior

Instruções

Informações de preparo e coleta:
coletar a amostra em coletor de urina limpo e sem aditivo, aliquotar e enviar em tubo de transporte. Manter a amostra refrigerada para o envio ao laboratório. Amostras mantidas a temperatura ambiente são estáveis por até uma semana. Amostras refrigeradas entre 2-5°C são estáveis por até quinze dias. Amostras congeladas são estáveis por até 2 meses. Evitar ciclos de congelamento e descongelamento. Critérios de rejeição: -Amostra sem identificação; -Material inadequado; -Volume insuficiente; -Tubo aberto; -Tubo de coleta danificado.

Interpretação

Interpretação do exame:
É usado como indicador biológico da exposição ocupacional ao estireno, utilizado em indústrias que utilizem polímeros, especialmente indústrias de produção de plásticos, resinas e embalagens. É um solvente que pode ser absorvido por via pulmonar e cutânea, e é biotransformado no fígado. Do estireno absorvido, 85% são excretados como ácido mandélico e 10% como ácido fenilglioxílico, seus principais metabólitos. A sua correlação com os níveis do solvente no ar é menor que a do ácido mandélico. Indicação: indicador biológico de exposição ao estireno. Interpretação clínica: Níveis acima do Índice Biológico Máximo permitido (IBMP) indicam toxicidade Sugestão de leitura complementar: Antunes MV, Patuzzi ALMarques, Linden R. Determinação simultânea de creatinina e indicadores biológicos de exposição ao tolueno, estireno e xilenos em urina por cromatografia líquida de alta eficiência. Química Nova 2008; 31(7), 1865-8. Pereira AD. Tratado de Segurança e Saúde Ocupacional Aspectos Técnicos e Jurídicos NR-7 a NR-1, LTR: São Paulo, vol II, 2005.

Guia de Exames do Tiezzi